PAVING EXPO 2022 TRAZ SHOW DE TECNOLOGIAS PARA O SETOR

RODOVIÁRIA

Por: Canaris assessoria

O principal evento do setor de infraestrutura viária do Brasil, a Paving Expo 2022, ocorrerá entre 08 e 10 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo, de forma totalmente presencial, marcando um novo e positivo momento para da construção pesada brasileira e também servindo como palco para o lançamento da Brazil Equipo Show 2023, um novo e inovador evento dedicado à exposição de equipamentos pesados. 

 

Nesta newsletter, adiantamos algumas das novidades que serão apresentadas no evento. Acompanhe:

 

Novidades em Equipamentos

A CASE apresentará seu portfólio de soluções para o setor de pavimentação, com destaque para dois equipamentos: a recém lançada motoniveladora 845B Series 2 e a versátil minicarregadeira SV300B, que conta com diversos implementos específicos para cada operação, inclusive para pavimentação. A expectativa da empresa é reforçar a imagem da marca CASE como solução para a pavimentação na América Latina, já que, segundo a empresa, “o mercado está muito aquecido, devido aos investimentos que estão sendo feitos”. 

Já a a New Holland – que assim como a CASE integra o grupo CNH – lança em primeira mão na Paving Expo 2022 o primeiro rolo compactador para o mercado brasileiro. Trata-se de um equipamento do range de 10 t, uma faixa que atende 70% da demanda do mercado de pavimentação atualmente. 

A máquina era produzida na Índia e passou por uma “tropicalização” necessária para ser fabricada no Brasil, o que inclui ajustes ergonômicos e de desempenho. O rolo será demonstrado pela primeira vez a todo o mercado no evento, embora já esteja sendo vendido. 

Outro lançamento da New Holland é a linha de motoniveladoras, que foi apresentada durante a Agrishow e que começa a ser comercializada no terceiro trimestre deste ano. A expectativa é alta em relação ao setor de pavimentação, onde a companhia atuava mais com equipamentos de apoio, usados na preparação. Agora, a empresa avança de vez no setor de pavimentação, com o lançamento do rolo compactador. 

A Caterpillar também destaca soluções voltadas ao setor de infraestrutura rodoviária na Paving Expo 2022. Serão cinco modelos: compactador de pneus Cat CS44B, compactadores vibratórios Cat CB7 e CB10, compactador pneumático Cat CW34 e a minicarregadeira Cat 262D3. 

Os equipamentos são conhecidos pela alta tecnologia incorporada, caso do CB7, cujos controles e monitor LCD são integrados ao assento ajustável articulado e se movem com o operador. 

A minicarregadeira 262D3, por sua vez, tem projeto de levantamento vertical, proporcionando maior alcance e altura de levantamento para carregamento fácil e rápido de caminhões. A máquina tem 5% de espaço adicional para mais conforto do operador e uma cabine reprojetada e mais confortável.

Injeção eletrônica remanufaturada e máquinas automáticas de perfis de concreto

A Convicta expõe na feira a betoneira autocarregável C-5000. O equipamento substitui a necessidade de utilização de central de concreto, caminhões betoneiras e pá carregadeira, reduzindo também os custos com mão de obra. 

Indicada para pequenas áreas ou locais remotos (carentes de recursos como energia elétrica, estradas e cimento a granel), a máquina tem a vantagem de iniciar a produção de concreto rapidamente em campo. A expectativa da empresa é demonstrar como o equipamento soluciona boa parte dos problemas de pavimentação de concreto em lugares de difícil acesso. 

A IMB Brasil aproveita a Paving Expo para lançar dois equipamentos. A fabricante de perfis de concreto apresenta dois modelos automatizados de máquinas: a IMB 2000HD e a IMB 500HD. A expectativa da empresa é que a Paving Expo 2022 seja um grande evento em função do retorno das feiras presenciais. Outra aposta da companhia é o interesse dos potenciais clientes em novos produtos e atualizações depois do período de pandemia da Covid-19. Para a IMB Brasil o momento do mercado de infraestrutura, em especial de construção rodoviária, é de retomada e de novos desafios para entender demandas, com muitos projetos em andamento e com a liberação de novas obras tanto em rodovias como em infraestrutura urbana. 

A ASX Tractor expõe vassoura recolhedora para minicarregadeiras e outros componentes como caçambas para o mesmo tipo de máquina. A ideia de participar da feira é mostrar como os equipamentos expostos podem aumentar a produtividade, reduzindo o tempo de execução de tarefas e o custo de mão de obra. O evento também deve ser usado para ampliar parcerias com clientes e fornecedores. 

A Ourodiesel é também traz novidades, focadas em soluções para injeção eletrônica de motores, mais especificamente em remanufatura. A expectativa da companhia é alta para demonstrar que a remanufatura atualmente é uma técnica feita com muita qualidade. 

A companhia é estreante na Paving Expo e aposta na recuperação do país após dois anos de pandemia. Além do investimento em equipamentos novos para suas instalações, a Ourodiesel também aposta na modernização do seu laboratório para ajudar na retomada do segmento de infraestrutura viária.

GLP para usinas de asfalto e soluções que evitam paradas

No caso da Copa Energia, o destaque é o uso do GLP em usinas de asfalto. A empresa traz um tanque de GLP para a Paving Expo e mostra como o uso desse gás contribui positivamente no processo de produção das usinas de asfalto e seus aquecedores de CAP. 

A expectativa da Copa Energia é disseminar conhecimento junto aos tomadores de decisão, possibilitando assim que o gás GLP continue ganhando espaço no segmento, por meio de benefícios para o processo de produção do asfalto. 

A companhia também pretende manter contato e fortalecer o relacionamento com clientes atuais e futuros, promovendo debates e discussões com fabricantes de equipamentos a fim de promover a mudança de mentalidade quanto aos paradigmas ainda existentes nesse setor. 

Já a Sul Peças reforça a imagem de mercado na Paving Expo, expondo algumas das principais peças que fornece para o mercado de infraestrutura rodoviária. “Esperamos que o visitante veja a qualidade das peças que fornecemos e reforce nossa visibilidade e estrutura, que já tem 40 anos de história”, explica a divulgação oficial da empresa. De acordo com a companhia, os anos de eleição – caso de 2022 – historicamente trazem bastante oportunidades, pois as obras estão mais aceleradas. A Sul Peças avalia esse momento como positivo e que deve ser incrementado nos próximos meses. 

A Tecpolimer participa do evento com foco em soluções que evitam parada de máquinas por furos ou cortes em pneus. A lista de soluções nesse sentido inclui a fabricação de selantes, elastômeros para preenchimento e rodas com pneus completos Softgel. 

Na Paving Expo 2022, cinco dessas soluções serão destacadas no estande: as sapatas Softgel de troca rápida para fresadoras de asfalto; o revestimento de rodas Softgel para fresadoras de asfalto; as rodas Softgel slick e lameiro para minicarregadeiras que trabalham em asfalto; o Tecflex elastômero, que é uma resina para injetar em pneus fora de estrada para evitar paradas furos e rasgos, macio e sem ar; e o Tecflex selante, outra resina para injeção em pneus com ar, de forma a evitar furos na banda de rodagem, e vazamentos pelo talão.

 

 

Show de tecnologias

Com as apresentações e o estande na feira, a Cargill tem a expectativa de esclarecer em detalhes a importância da utilização dos rejuvenescedores no processo de utilização de RAP (asfalto recuperado) nas misturas para pavimentação. De acordo com a empresa, os rejuvenescedores ajudam os clientes a serem mais sustentáveis e econômicos, a partir da incorporação de RAP nas misturas asfálticas. 

Já a Engeneves apresenta seu método não-destrutivo (MND) e a robótica para inspeção interna, além de um portfólio de tubos e conexões em PEAD. O MND é uma das especialidades da companhia na área de instalação de tubos subterrâneos, assim como o uso da robótica para inspeção interna desse tipo de infraestrutura enterrada. 

O objetivo da Engeneves no evento é divulgar e atrair potenciais clientes que desconhecem esses tipos de serviços. A expectativa da companhia é atender um público de nicho, interessado em obra de infraestrutura no geral. 

Robôs, vans e outros recursos ajudam na precisão da pavimentação 

As tecnologias FWD e IRI são destaques da Solocap no evento. O levantamento deflectométrico (FWD) é tecnicamente definido como uma avaliação da condição estrutural dos pavimentos de forma segura e feita com equipamentos novos e calibrados, o que proporciona resultados precisos. 

A Solocap tem a primeira unidade de FWD montada em van, usando know how dinamarquês. A solução vai estar presencialmente na Paving Expo 2022 para demonstrações in loco. 

Primeira desse tipo no Brasil, a unidade é nova e calibrada. A companhia já antecipou que terá uma segunda unidade montada dentro de van em breve, a qual deverá ser disponibilizada para medições no Brasil e países vizinhos.

Outro destaque da Solocap é o Levantamento da Irregularidade Longitudinal (IRI), sistema de medição do perfil longitudinal de pavimento rodoviário. O recurso usa medidores de distância sem contato (a laser), medidores de aceleração vertical do veículo (acelerômetros), além do recurso preciso de medição de deslocamento/velocidade, tudo gerenciado por um sistema microprocessado que coordena a aquisição dos dados e os envia a um computador portátil em tempo real. 

Já a PI Engenharia vai apresentar soluções estruturais para inspeção de estruturas de concreto armado, protendido, metálica e fundações de pontes e viadutos durante a Paving Expo 2022. A lista de tecnologias inclui ensaios não-destrutivos e equipamentos de inspeção remota (ROV, VANTS e Robôs) para auxiliar nas inspeções e identificar como está a “saúde”, além de avaliar a vida útil das infraestruturas. 

A empresa também traz o lançamento do robô submarino (ROV) para inspeções subaquáticas e ensaio de paralelo sísmico para identificação de fundações em estacas.

Além das novidades, a PI Engenharia vai apresentar outros ensaios, caso do georadar para inspeção de estruturas de concreto e de solos, ultrassonografia e outros.

Monitoramento de compactação em tempo real

A Moba promete ser um dos destaques da Paving Expo 2022 com a MCA-3000: tecnologia georreferenciada para rolos compactadores. Segundo a empresa, trata-se do único sistema do mercado capaz de monitorar o progresso da compactação em tempo real e exibir as informações em mapas de cores no display embarcado no rolo compactador. A tecnologia ainda grava os dados coletados para análises posteriores.

A companhia também vai promover a Pave-IR, definida como tecnologia para monitoramento em tempo real da temperatura da camada pavimentada, com a qual é possível minimizar a segregação térmica. 

O sistema é georreferenciado e realiza o mapeamento da temperatura de toda a superfície, ou seja, a medição passa a não ser apenas amostral e o mapeamento completo permite novas estratégias de melhoria para o processo de pavimentação.

Gestão de serviço e BIM destacam a digitalização 

A Dama Infra apresenta a balança portátil, da fabricante suíça Haenni. Trata-se de uma balança rodoviária verdadeiramente portátil, disponível em três modelos. Para pesagem estática são dois equipamentos: o WL 108, para eixos simples/duplos, e o WL 108 XL, para pesagem de caminhões com eixos extralargos/8 pneumáticos/pneus extralargos e cargas indivisíveis. 

Já para a pesagem dinâmica em baixa velocidade, a Dama Infra vai mostrar a balança rodoviária modelo WL 400. Os três equipamentos incorporam tecnologia suíça e a expectativa da empresa é divulgar esse tipo de recurso para gestores públicos e operacionais que vão visitar o evento. 

Além das tecnologias físicas, a Paving Expo agrega ainda expositores focados em tecnologia da informação e digitalização. É o caso da Kartado, que vai destacar sua principal plataforma de gestão de serviços de campo: software que digitaliza os registros de campo, incluindo apontamentos, RDO, não-conformidades e inventário, entre outros. Além de coletar e tratar os dados, a plataforma centraliza as informações para os gestores. O resultado é a redução em 75% do tempo na geração de relatórios e o aumento médio de 80% na eficiência do processo. 

A AX4B é outro exemplo de recursos de digitalização para o segmento. A empresa usará a Paving Expo como plataforma para divulgação da aplicação da metodologia BIM em projetos de infraestrutura rodoviária, com o uso de soluções da Autodesk. A AX4B quer mostrar ao mercado de infraestrutura a importância da aplicação do BIM e como a metodologia pode impactar economicamente, reduzir prazos de entrega e aperfeiçoar os projetos. A ideia da companhia também envolve o posicionamento da marca como referência em tecnologia para o setor e educação sobre as soluções disponíveis. 

 

Sinalização rodoviária

A tinta de sinalização viária super-resistente é destaque da Polyquim Produtos Químicos, que deve expor sua linha completa de soluções para sinalização na Paving Expo 2022, com destaque para o Plástico a Frio, uma tinta super-resistente. A ideia da empresa é demonstrar os benefícios de se investir na sinalização viária mais duradoura e segura para os usuários das rodovias. Por isso a Polyquim almeja atingir um número maior de clientes fora e dentro do estado de São Paulo, onde está sediada, com sua exposição na feira. 

Já a ACM Alcopla destaca placas de alumínio composto, seu principal produto para a edição presencial da feira. As placas de alumínio composto (ACM) são utilizadas como substrato na produção de placas de sinalização vertical viária. No caso da ACM Alcopla, a fabricante destaca a fabricação diferenciada, uma vez que o produto é desenvolvido de forma totalmente adequada a esse fim, aprovada pelos órgãos técnicos e “endossada a sua qualidade pelos mais exigentes clientes do setor”, como destaca a comunicação oficial da companhia. 

A novidade da feira é o lançamento das novas placas de alumínio composto com uma espessura personalizada de 5mm, o que – segundo a empresa – resulta em maior eficiência térmica, reduzindo o “efeito orvalho” na placa finalizada. O lançamento é complementado pelas soluções de fixação de placas, desenvolvidos para essa finalidade e que atendem as normas técnicas da ABNT.

Baixa qualidade de alguns sinalizadores deve ser mudada

A expectativa da ACM Acopla para o evento é destacar suas soluções focadas em segurança viária. Para a empresa, a Paving Expo 2022 é uma referência para o setor, principalmente quando o país vive um “excelente” momento da infraestrutura, alavancado por políticas públicas assertivas e bons estímulos ao desenvolvimento da plena mobilidade rodoviária.

A World Center, por sua vez, vai focar em cinco produtos na Paving Expo 2022. São eles: painel vertical refletivo, sinalizador sequencial Synchros, lanterna tática operacional, placa roll up e seta eletrônica LP-8. 

Na avaliação da companhia, o cenário atual da construção rodoviária precisa mudar em relação ao uso de equipamentos de sinalização. “A baixa qualidade desse tipo de produto fornecido por alguns players de mercado, em função da falta de conhecimento técnico e de fiscalização, precisa ser substituída pelas novas tecnologias e de qualidade”, defende a World Center.

Sobre o evento, a companhia destaca o formato ao vivo após o tempo de confinamento e retração causado pela pandemia. “Estamos com as melhores expectativas possíveis para a Paving Expo 2022, que volta a reunir presencialmente um número expressivo de visitantes”, destaca a empresa. 

 

Estabilização de solos

As tecnologias para estabilização de solos também é um dos temas centrais da Paving Expo 2022, com vários expositores apresentando produtos e sistemas. É o caso da Kingspan, que estreia no evento com três soluções: Geofoam, Monolit e Sinergy. De acordo com a área de marketing da empresa, a expectativa para a feira e congresso é positiva, principalmente para a solução Geofoam, indicada para estabilização de solos utilizando o produto em EPS (isopor). A tecnologia, embora amplamente usada na Europa, é uma inovação para o mercado brasileiro.  

A Lhoist é outro player de soluções em estabilização de solos. A companhia traz duas linhas para a Paving Expo como destaque. A primeira é a Asphacal, cal hidratada industrial com alto teor de cálcio para aplicação em mistura asfáltica. De acordo com a Lhoist, o produto proporciona maior durabilidade ao revestimento asfáltico e foi desenvolvido conforme a especificação da norma 418/2019, do DNIT. 

Já a Proviacal, também uma formulação de cal hidratada, foi projetada para melhoria e estabilização de solos e promete reduzir custos com brita e rachão, além de diminuir os custos de descarte de solo e aumentar a produtividade na etapa de terraplenagem.

A Dynabase destaca estabilizante sólido, insumo que é uma das várias alternativas de compostos químicos na área de estabilização e impermeabilização de solos. A ideia é mostrar que, por meio de suas características físico-químicas, o estabilizante sólido pode ser usado nos mais variados tipos de solos. 

Segundo a empresa, a aplicação traz excelentes resultados como estabilizante e impermeabilizante de bases destinadas a dar suporte tecnológico em obras rodoviárias. A lista de aplicações inclui projetos de pavimentação urbana, assim como em vias intermediárias ou vicinais, pátios de manobra de veículos pesados, área de compostagem, lagoas de tratamento de efluentes químicos e outros.

Palestras completam apresentações da Feira 

A CON-AID, por sua vez, autodenomina-se líder mundial em estabilização de solos e quer demonstrar as vantagens dessa tecnologia no reforço de subleito e sub-base de pavimentos. O estabilizador de solo também é adotado na readequação e manutenção de estradas vicinais, rurais, extrativas e de mineração. A empresa avalia que o Brasil possui uma malha rodoviária deficiente, que precisa de soluções urgentes para melhorar o transporte e a segurança nas estradas.

A ViaEncosta é outra empresa focada nessa área, inclusive com palestra intitulada Metodologia e Tecnologia em Vias Terciárias, marcada para o segundo dia do evento (veja aqui a grade de palestras do Congresso Paving Expo). 

A companhia lançou, em fevereiro deste ano, uma tecnologia de estabilização de solo mais eficiente e econômica para melhorar a mobilidade em estradas rurais. O lançamento é uma parceria com a Dow, que também participa da palestra. 

A Lhoist também coordena uma sessão sobre estabilização durante a tarde do segundo dia do Congresso, com participação de vários especialistas no auditório D. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

 - 
Arabic
 - 
ar
Bengali
 - 
bn
German
 - 
de
English
 - 
en
French
 - 
fr
Hindi
 - 
hi
Indonesian
 - 
id
Portuguese
 - 
pt
Russian
 - 
ru
Spanish
 - 
es